Arquivos da categoria: Cirurgia Vascular e Angiologia

Cirurgia Vascular e Angiologia Morumbi

Aneurisma de Aorta

O aneurisma de aorta consiste na dilatação das paredes da aorta, que é a maior artéria do corpo humano e que leva o sangue arterial do coração para todas as outras partes. Dependendo do local da aorta que é afetado, o aneurismo de aorta pode ser dividido em dois tipos:

Aneurisma de aorta torácico: surge no segmento torácico da aorta, ou seja, na região do peito;
Aneurisma de aorta abdominal: é o tipo mais comum de aneurisma de aorta e acontece abaixo da região do peito.
Embora não cause qualquer sintoma ou problema de saúde, o maior risco do aneurisma de aorta é o seu rompimento, que pode causar uma hemorragia interna grave, colocando a vida em risco em poucos minutos.

aneurisma da aorta

Sintomas
Na maioria dos casos, o aneurisma de aorta não gera qualquer tipo de sintoma específico, sendo identificado apenas durante exames médicos de rotina, como tomografia, ou quando acaba rompendo.

Porém, se o aneurisma crescer muito ou se afetar regiões mais sensíveis, podem surgir sintomas mais específicos:

1. Aneurisma de aorta torácica
Neste tipo de aneurisma, algumas pessoas podem identificar sintomas como dor forte e intensa no peito ou na região superior das costas, sensação de falta de ar, dificuldade para respirar ou engolir.

Este tipo de aneurisma é mais comum em pessoas com pressão alta descontrolada ou que tenham sofrido algum tipo de trauma.

2. Aneurisma de aorta abdominal
Os sintomas de aneurisma de aorta abdominal são mais raros que os da aorta torácica, mas ainda assim pode surgir sensação de pulsação no abdômen, dor forte nas costas ou na região lateral, dor na região do glúteo, virilha e pernas.

Este tipo de aneurisma é mais comum em pessoas mais velhas, geralmente com idade acima dos 65 anos, que sofrem com aterosclerose. No entanto, traumas e infecções também podem ser causas.

Quem tem maior risco de aneurisma de aorta?
O risco de desenvolver uma aneurisma de aorta normalmente aumenta com o passar da idade, sendo mais comum em homens com mais de 65 anos.

Além disso, existem outros fatores que também parecem aumentar o risco, especialmente ter algum tipo de doença não tratada, como diabetes, aterosclerose, colesterol alto, pressão alta ou doença coronária.

Como confirmar o diagnóstico
Para diagnosticar a aneurisma de aorta o médico pode solicitar a realização de alguns exames, principalmente tomografia computadorizada, raio-x e ecocardiograma, por exemplo. Caso seja identificado algum aneurisma nas imagens dos exames, o médico normalmente avalia outros fatores, como a idade da pessoa, seu histórico de saúde e o grau de desenvolvimento do aneurisma, para determinar a melhor forma de tratamento.

Não deixe de consultar um cardiologista caso venha a notar os sintomas descritos acima.

Entre em contato e agende uma consulta, cuida da sua saúde!
Rua Deputado João Sussumu Hirata, 180
Panamby, Morumbi, São Paulo-SP
Telefone: (11) 3502.6200