Arquivos da categoria: Nutrição

Nutricionista Morumbi

A importância do acompanhamento nutricional

Por muito tempo, a ida ao(à) nutricionista ou nutrólogo(a) foi relacionada a problemas de saúde, como forma de reverter situações de risco provocadas ou agravadas pela má alimentação. A ação desses(as) profissionais se dava quase que exclusivamente dentro de um contexto de tratamento médico.

nutricao

Hoje em dia, no entanto, as pessoas reconhecem mais facilmente a importância do acompanhamento nutricional, não apenas como forma de tratar doenças, mas também para promover saúde.

Mesmo pessoas sem problemas de saúde relacionados à alimentação têm visto na figura dos(as) profissionais de nutrição aliados(as) para ter uma vida mais plena, saudável e com menos tabus alimentares como se acreditava antigamente.

Quer saber mais sobre a importância do acompanhamento nutricional e quando é indicado buscar essa assistência? Acompanhe o artigo até o final!

O papel do(a) nutricionista ou nutrólogo(a):

Nutricionista
Atua na prevenção, promoção e recuperação da saúde, por meio da prescrição de uma alimentação balanceada e individualizada, valendo-se do estudo da ciência da nutrição e alimentação.

Médico(a) nutrólogo(a)
Age de modo a auxiliar na manutenção da saúde e redução dos riscos de doenças, fazendo diagnósticos, prevenção e tratamentos de doenças relacionadas à falta ou excesso de nutrientes.

A importância do acompanhamento nutricional vai muito além da prescrição de dietas com foco na redução de calorias. Sabe-se hoje que o que comemos exerce um papel fundamental na forma como nosso organismo funciona, na proteção contra doenças e também na nossa aparência.

Nesse sentido, num acompanhamento nutricional são indicados alimentos e nutrientes com foco exclusivo em você e suas necessidades, respeitando seu estilo de vida, condições de saúde, entre outros fatores. Ou seja, um(a) profissional de nutrição irá desenvolver um plano personalizado, visando atender as necessidades do seu organismo, seja para o desempenho de atividades

Ou seja, um(a) profissional de nutrição irá desenvolver um plano personalizado, visando atender as necessidades do seu organismo, seja para o desempenho de atividades físicas, tratamento de doenças ou mudanças na composição corporal (ganho de massa muscular e/ou perda de gordura).

Tudo é planejado com cuidado, definindo metas, estabelecendo um cardápio adequado, orientando sobre a função dos alimentos e sobre as formas mais saudáveis de consumi-los, para que você consiga alcançar seus objetivos e, principalmente, ser capaz de aderir de forma duradoura a esse novo estilo alimentar (e de vida).

Quando procurar um(a) nutricionista ou nutrólogo(a)
Sempre que houver qualquer dúvida ou necessidade relacionada à alimentação, em pessoas de qualquer idade, esse(a) profissional poderá ser consultado(a). Confira abaixo algumas dessas situações.

1. Quando há déficit nutricional
Quando a alimentação não está devidamente equilibrada, e nosso organismo não está recebendo os nutrientes de que precisa, nosso corpo passa a dar sinais (progressivos) que há algo de errado.

Portanto, se você se sente frequentemente cansado(a) ou sem energia, adoece com frequência (principalmente infecções), tem tido queda/quebra de cabelos ou unhas, é bastante indicado procurar um(a) profissional de nutrição.

Ele(a) será capaz de investigar esses sinais – inclusive com a solicitação de exames – buscando entender se eles possuem relação com questões alimentares. Em caso positivo, poderá indicar tanto o consumo de certos alimentos quanto o uso de suplementos específicos para repor mais rapidamente as carências.

Além disso, caso seja necessário, também poderá te encaminhar para algum acompanhamento médico específico.

2. Para uma reeducação alimentar
Se você já tentou diferentes dietas e sugestões da internet, mas não conseguiu (não não manteve) os resultados que procurava – seja em saúde ou estética – pode ser a hora de parar com dietas e buscar uma verdadeira reeducação alimentar.

Diferentemente de mudanças alimentares temporárias (e, muitas vezes, radicais), ao buscar um(a) nutricionista ou nutrólogo(a), você tem acesso a orientações, informações e prescrições que você pode levar para toda a vida, trazendo resultados que podem ser mantidos, tanto em termos de composição corporal quanto de saúde como um todo.

Numa reeducação alimentar, como o nome sugere, você será “reeducado(a)” com relação ao papel dos alimentos, além de desmistificar questões como restrições severas, intervalos entre as refeições, a importância de uma boa hidratação, em muitas outras questões.

3. Para mudanças estéticas
Se o seu objetivo é reduzir medidas, melhorar o contorno corporal, ganhar massa muscular ou se livrar daquela gordurinha indesejada, saiba que somente os exercícios físicos, sem uma dieta adequada, não serão suficientes.

Só para você ter uma ideia, uma caminhada acelerada na esteira por 30 minutos elimina cerca de 300-350 calorias. Uma tigela de 500 ml de açaí com banana pode chegar facilmente às 700 calorias. Ou seja, todo o esforço feito sobre a esteira será perdido se você não souber se alimentar corretamente.

Quando você recebe as orientações alimentares adequadas, pode ser possível continuar consumindo os mesmos tipos de alimentos, porém de forma mais inteligente e estratégica, que não atrapalhe seus objetivos físicos.

E é justamente nesse ponto que entra a importância do acompanhamento nutricional.

Com o auxílio do nutricionista você vai ser orientado da melhor forma sobre quais alimentos precisa consumir, em quais quantidades, quais são os horários ideais para cada refeição e de qual suplemento você necessita para mudar seu corpo de acordo com seus objetivos e necessidades: seja ganhando músculos ou perdendo gordura.

4. Quando há restrições alimentares
Existem diferentes tipos de restrições que tornam mais complicada a escolha dos alimentos que colocamos no prato.

Se você tem intolerância à lactose, precisa ter cuidado com o leite e seus derivados. Se tem restrição ao glúten, tem que observar a presença de certos carboidratos.

Da mesma forma, se você decidiu mudar sua alimentação, se tornando vegano ou vegetariano, também terá de avaliar tudo o que consome.

Seja por um motivo ou por outro, fazer essas mudanças por conta própria pode ser bem complicado. Nesse sentido, contar com o suporte de um(a) nutricionista ou nutrólogo(a) pode, inclusive, trazer mais segurança para suas novas escolhas alimentares.

5. Controle de doenças
A importância do acompanhamento nutricional também fica evidente quando o assunto é o controle de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão e dislipidemia (colesterol alto).

Essas e outras doenças crônicas e cardiovasculares sofrem uma grande influência dos hábitos alimentares, sendo esse um fator fundamental para reverter esses quadros, além do acompanhamento médico específico. Nesse cenário, o papel do(a) nutricionista ou nutrólogo(a) é fundamental como parte do tratamento, devendo ser conduzido em paralelo com as ações de seu(sua) médico(a).

Como vimos, o acompanhamento nutricional é importante em todas as fases da vida, desde a infância até a velhice. Afinal, a alimentação é um dos fatores principais para a manutenção da saúde. Com o organismo recebendo todos os nutrientes de que precisa, é possível prevenir as mais variadas doenças, físicas e até emocionais.

ENTRE EM CONTATO E AGENDE JÁ SUA CONSULTA!
Rua Deputado João Sussumu Hirata, 180 – Panamby, São Paulo-SP
Telefone: (11) 3502.6200