Confira dicas para quem está com a pressão alta.

Quais os principais sintomas de quem está com pressão alta?

A hipertensão arterial não causa sintomas na maioria dos casos. Por ser uma doença silenciosa é importante fazer avaliações médicas periódicas para que se possa fazer o diagnóstico precoce e evitar complicações que podem surgir em consequência de níveis crônicos de pressão arterial alta, como coração dilatado, arritmias , infarto cardíaco e acidente vascular cerebral.

mitos-e-verdades-sobre-pressao-alta-4-573

Sintomas como dor no peito de forte intensidade, falta de ar de início súbito e alteração visual (“pontos brilhantes”) associada a dor de cabeça, quando são decorrentes de uma pressão muito elevada, são considerados uma emergência e requerem tratamento imediato.

Importante também lembrar que é natural a pressão arterial subir quando sentimos dor, estamos nervosos ou fazemos esforço físico. Muitas vezes pessoas com dor de cabeça tensional, ao medirem a pressão podem identificar valores mais altos que o habitual. Nessas pessoas sem hipertensão, ao passar a situação de estresse, com a administração de um analgésico, a pressão retorna aos valores habituais.

Conselhos do que fazer para baixar a pressão.

Fatores que ajudam a controlar a pressão arterial:

1.Dieta rica em frutas e hortaliças e fibras.
2.Evitar alimentos e molhos prontos (industrializados) pois possuem alto teor de sal. Evitar adicionar sal a comida já pronta. Ingestão máxima de sódio recomendada: 2 gramas por dia.
3.Consumo de 2 porcões diárias de laticínios magros (desnatados ou semidesnatados).
4.Controle do peso corporal.
5.Reduzir a ingestão de bebidas alcoólicas.
6.Prática regular de atividade física aeróbica (caminhadas de 30 minutos pelo menos 3 vezes por semana) Obs: consultar um médico antes do início da atividade física em indivíduos que já possuem algum problema de saúde.

Quais os principais alimentos que são inimigos da pressão saudável?

Alimentos ricos em sal, gorduras saturadas, doces e bebidas alcoólicas podem contribuir para o aumento da pressão arterial e devem ser evitadas ou consumidas com moderação.


Matéria:
Revista Dolce Morumbi AGO/14
Entrevista concedida por: Dra. Hindalis Ballesteros Epifanio – Graudação em Medicina pela Universidade Estadual Paulista – UNESP; Titulo de Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia – SBC; Especialização em Arritmologia Clínica pela Faculdade de Medicina da USP – INCOR/ FMUSP.
Visite-nos: Rua Dep. João Sussumu Hirata, 180 – Panamby (Morumbi) – São Paulo
Ligue-nos: (11) 3502-6200


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>