Vitiligo

Caracteriza-se pela diminuição ou falta de melanina (pigmento que colore a pele) em certas áreas do corpo, gerando manchas brancas nos locais afetados.

vitiligo

As lesões, que podem ser isoladas ou espalhar-se pelo corpo, atingindo principalmente os genitais, cotovelos, joelhos, face, mãos e pés. Incide em 1% a 2% da população mundial. Não há como prever o surgimento e a evolução da doença podendo ocorrer ao mesmo tempo, a regressão de determinadas áreas enquanto surgem outras. Apesar dos danos estéticos que acarreta, o vitiligo não causa nenhum prejuízo à saúde. Ainda não se sabe a real causa do aparecimento destas lesões, mas existem 3 teorias:

Autoimune: consiste na formação de anticorpos que atacam e destroem o melanócito inibindo a produção de melanina. Pode estar associado a outras doenças autoimunes, como diabetes e doenças da tireoide. Hereditário em 20% a 30% dos casos;

Citotóxica: quando esta despigmentação da pele é provocada pelo contato com substâncias como a hidroquinona, presente em materiais como borracha e alguns tecidos;

Neural: que leva ao vitiligo segmentar, ou seja, quando ele incide sobre um nevo (pinta) e é provocado por substâncias que destroem os melanócitos.

O diagnóstico é clínico, e a biópsia do local somente é realizada nos casos de dúvida, ou quando existem outras doenças associadas.

Os tratamentos convencionais são longos e geralmente envolvem aplicações de pomadas à base de corticoides, loções e fototerapia (exposição ao sol com uso de substâncias fotossensibilizantes). Raramente ocorre cura definitiva pois há áreas que apresentam maior dificuldade de recuperar a pigmentação. Quando o processo afeta mais de 50% do corpo a opção de tratamento pode ser a despigmentação total da pele.

É importante levar em conta que o estado psicológico do paciente, visto que fatores emocionais podem agravar o aparecimento e evolução das lesões.
Visite-nos: Rua Dep. João Sussumu Hirata, 180 – Panamby (Morumbi) – São Paulo


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>